Como começar um negócio em casa

A pandemia dificultou a manutenção de uma loja física tradicional para pequenas empresas. Como resultado, muitos proprietários de negócios de pequeno porte estão explorando maneiras de transformar suas operações em empresas home-based (ou empresas sediadas em domicílio).

Ao estudar outras pessoas que criaram suas empresas em casa, você pode não apenas aprender com suas melhores práticas, mas também adotá-las para seu próprio pequeno negócio.

Desenvolver o conhecimento para administrar seu próprio negócio em casa não precisa representar um enorme desafio. Confira abaixo um guia passo a passo para a migração da maioria das empresas para o meio digital – desde o desenvolvimento de um plano de negócios ou a implementação de um sistema de e-commerce, até a compreensão de exigências de zoneamento e a contratação de freelancers.

Esteja certo sobre o que você quer fazer

Se você está começando do zero, o primeiro passo para trabalhar em casa é selecionar um serviço ou produto a oferecer. As oportunidades de negócios atuais abrangem uma ampla gama de setores.

Alguns oferecem serviços especializados como redação freelance, artigos em blogs, design gráfico e desenvolvimento web, mas também existem oportunidades para a limpeza de casas, pet sitting, serviços como assistente virtual e execução de operações de envio direto da Amazon. Juntamente com serviços imobiliários e de creche, estas são apenas algumas das muitas oportunidades integrais e de meio período que podem ajudá-lo a ganhar dinheiro em casa.

A ideia de empresa home-based de sua escolha deve utilizar seu conjunto existente de habilidades, oferecer demanda suficiente em sua área para apoiá-lo e estar alinhada aos seus objetivos financeiros e negócios ou trabalhos existentes.

Decida seu modelo de negócio

Mesmo que já tenha um negócio bem-sucedido, você provavelmente elaborou seu plano e estratégia de negócios considerando um comércio presencial, não um e-commerce. Caso esteja seguindo o caminho do comércio eletrônico, certamente precisará fazer alguns ajustes.

Adote uma estrutura de negócios, caso ainda não tenha uma. O IRS e a Small Business Administration (SBA) fornecem informações sobre as vantagens de uma empresa individual e de operar com seu número de Segurança Social em comparação à incorporação e obtenção de um número de identificação do empregador.

Determine os custos iniciais envolvidos na mudança para um modelo totalmente online (onde os custos gerais tendem a ser menores do que você incorreria em uma loja física) ou um modelo híbrido, onde você mantém suas operações físicas. A abordagem escolhida o ajudará a determinar seus gastos, como avaliar sua base tributária com um escritório em casa e onde armazenar seu estoque.

Desenvolva um processo de e-commerce

É importante entender como o processo de e-commerce funciona para a venda de seus produtos online. Apesar de ser bastante simples colocar um negócio online para funcionar, seus processos de vendas online são diferentes daqueles de uma loja física, logo, é importante entender como funciona um comércio eletrônico e quais são as melhores ferramentas a serem utilizadas.

Existem diversas plataformas de e-commerce fáceis de usar, como o Shopify, bem como opções mais complexas e personalizáveis, como o BigCommerce. Você também precisará de um site e serviço de hospedagem, caso ainda não os tenha; esta combinação habilitará a funcionalidade de e-commerce – como um carrinho de vendas, opções de pagamento e integração de back-end com seu software para inventário. Sites como Wix e Squarespace oferecem este nível de suporte.

Jotform oferece modelos de formulários com uma ampla variedade de opções para a venda de produtos online, incluindo formulários para pedidos e contato, bem como formulários para o monitoramento de pedidos e inventário. Além disso, usando as opções para o processamento de pagamentos do Jotform, você poderá aceitar pagamentos através destes formulários e integrar-se a processadores de pagamentos como o PayPal.

Gerencie os processos de inventário e logística

Um negócio online exige um processo de inventário diferente de uma operação tradicional em loja física. Concentre-se na logística do serviço e na experiência de entrega.

Para um negócio baseado em produtos, decida se manterá seu estoque em casa, em uma unidade de armazenamento ou com o fabricante. Escolha uma plataforma para ajudá-lo a monitorar os preços das mercadorias vendidas e aquelas que tem disponível.

Ao lidar com entregas, você pode enviar os produtos por conta própria, usar fornecedores terceirizados ou firmar parceria com programas de transporte por aplicativos, como o Postmates.

Conheça as diretrizes e regulamentos locais

Obtenha todas as informações relevantes sobre o que sua cidade, município e estado exigem para a instalação de empresas home-based. Você pode ter de lidar com restrições de licenciamento e zoneamento, além de diretrizes relacionadas ao distanciamento social e entregas sem contato.

Alerte seus clientes existentes e potenciais

Embora a divulgação boca a boca ajude a espalhar a notícia de que você está aberto para negócios online, você precisará ir além para alcançar seu mercado-alvo. Como seu negócio home-based será hospedado online, é importante usar canais online para divulgar e comercializar seus produtos ou serviços.

Isso significa usar SEO para refinar seu conteúdo e capturar a atenção de clientes em potencial. Você também precisará expandir sua presença nas redes sociais para gerar engajamento com seus potenciais clientes e compartilhar conteúdos úteis para fazê-los querer fazer negócios com você.

Táticas offline também podem ser úteis, incluindo o envio de cartões pelo correio, panfletos, anúncios e até mesmo brindes – como canetas e camisetas.

Chegou a hora de começar

Quer você migre seu negócio original para o meio digital ou experimente uma das muitas oportunidades de negócios domiciliares no mercado, será preciso trabalhar arduamente para colher os frutos de uma empresa ou organização sem fins lucrativos sediada em casa. Proprietários de imóveis estão descobrindo que seus lares podem servir um duplo propósito, proporcionando um espaço de vivência e também um local ideal para começar um novo negócio ou manter uma empresa existente.

AUTOR
A journalist and digital consultant, John Boitnott has worked for TV, newspapers, radio, and Internet companies for 25 years. He’s written for Inc.com, Fast Company, NBC, Entrepreneur, USA Today, and Business Insider, among others.

Enviar Comentário:

Jotform Avatar
This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comentar:

Podo CommentSeja o primeiro a comentar.