5 dicas para ajudá-lo a se envolver na pesquisa de UX

Como você escolheu sua carreira? Talvez tenha seguido um caminho tradicional, frequentado a universidade e se formado naquilo que gostaria de fazer pelo resto da vida. Ou talvez você estudou algo similar à sua área atual e aplicou suas habilidades em uma posição diferente.

Não existe um guia para ajudá-lo a chegar onde você quer chegar em sua carreira. O colega de trabalho sentado ao seu lado pode ter seguido um caminho muito diferente do seu, mas isso não significa que um de vocês está certo ou errado. Isso se trata mais da jornada que do destino.

Se você decidiu que seu destino é a pesquisa de UX, existem diversas maneiras de começar uma carreira neste ramo. Você pode conduzir experimentos para praticamente qualquer coisa, o que significa que existem oportunidades para que você possa se provar e mostrar que está levando a sério a sua carreira no ramo. Mas se você não está exatamente certo sobre como entrar na área de pesquisas de UX, confira abaixo algumas dicas para ajudá-lo em sua missão.

Obtenha experiências

É bastante improvável que você possa apenas deixar seu currículo em uma empresa e ser contratado para um cargo na área de pesquisa de UX. Você precisa ter uma base na área antes de fazer a mudança. Se seu emprego atual não envolve pesquisas, experimente encontrar oportunidades de voluntariado para ganhar alguma experiência.

Tente encontrar uma plataforma de startups e ofereça seus serviços por lá. Muitas empresas pequenas podem não ter os recursos para contratar um pesquisador em tempo integral – esta é outra ótima maneira de obter experiências como profissional freelancer e criar conexões. Desta forma, você poderá melhorar seu currículo e divulgar seu nome em empresas que poderão vir a precisar de seus serviços no futuro.

Em uma entrevista de emprego, gerentes de contratação querem saber mais sobre suas experiências e o que o torna um bom candidato para a posição almejada. Caso você não tenha nenhuma experiência com pesquisas de UX para relatar, será mais difícil vender a si mesmo para a empresa.

Aprenda o vocabulário

Um outro aspecto no qual você precisa se concentrar se deseja adentrar no campo das pesquisas de UX – entender a linguagem. Todo ramo possui seu vocabulário único. É importante certificar-se de conhecer as diferentes terminologias usadas nas pesquisas de UX, ambos durante seu planejamento e na prática. Isso significa que você precisa fazer aulas, ouvir podcasts ou ler artigos escritos por profissionais atuantes na área.

Migrar para uma nova profissão é algo assustador, e quanto mais você preencher suas lacunas de conhecimento e falar como alguém do ramo, mais confiante se sentirá. E não só isso, outras pessoas perceberão isso e verão que você é um profissional sério. Considere fazer aulas abordando a pesquisa de UX para obter uma vantagem em relação à concorrência e assegurar-se de que pode conversar de forma inteligente quando em uma sala cheia de pesquisadores.

Tome iniciativas

Entrar em um novo ramo não é fácil. Existem barreiras que você precisará superar. Pense sobre as coisas que você pode fazer e que farão alguém querer contratá-lo. Confira pesquisas recentes de empresas nas quais você tem interesse e veja se não existe algo que você faria de forma diferente.

E uma outra ideia: Faça exercícios com base em pesquisas de UX, mas que podem não estar diretamente enraizados na prática. Quaisquer exemplos que você possa mostrar a gerentes de contratação ou pessoas em busca de pesquisadores representarão uma vantagem para você.

Lembre-se que é perfeitamente permitido ser agressivo e vender seu peixe – projetar confiança terá o mesmo efeito em outras pessoas. Além disso, jogar uma rede mais ampla significa que mais pessoas saberão quem você é e o que está buscando alcançar – um cargo em tempo integral no ramo de pesquisas de UX.

Não tenha medo de mergulhar de cabeça

Este cenário acontece com bastante frequência: uma oportunidade de emprego lista uma determinada quantidade de experiência exigida, e isso é o suficiente para impedir que alguém que pode ser a pessoa certa para o trabalho, mas não possui experiência suficiente, se candidate. Não caia nessa armadilha! Se você fez sua própria pesquisa e tem conhecimento sobre o assunto, tente. Você nunca saberá se não o fizer.

E caso não possua uma experiência direta em pesquisas de UX, você pode sempre usar sua criatividade. Construa casos hipotéticos e explique como você abordaria sua pesquisa nestes casos.

Gerentes de contratação gostam de candidatos batalhadores – se você puder provar que levará o cargo a sério e que entende o que a empresa faz, certamente se destacará. Existem outras formas de provar seu valor caso você não tenha a quantidade de experiência listada no anúncio de emprego.

Conheça as ferramentas certas e como utilizá-las

Se você não está certo sobre como adentrar no ramo das pesquisas de UX, conhecer diferentes softwares e plataformas que empresas especializadas em pesquisas de UX utilizam diariamente pode ser uma boa ideia. Mesmo que já tenha uma base profunda de conhecimento, você ainda pode ter de enfrentar uma grande curva de aprendizado quando utilizando aplicações para pesquisas de UX para colocar tal conhecimento em prática.

Brinque um pouco com plataformas como Jotform, a qual possui uma variedade de modelos diferentes e atalhos operacionais que podem ajudá-lo a entender como pesquisas de UX são armazenadas e como as empresas as interpretam. Jotform possui recursos para os mais diversos tipos de pesquisa de UX, e você certamente impressionará os gerentes de contratação com esse conhecimento básico.

Cause uma boa impressão

Decidir mudar de carreira pode ser bastante assustador. Mas quando se trata de adentrar o mundo das pesquisas de UX, se for o que você deseja de coração, existem diversas maneiras de se destacar.

Lance sua rede o mais ampla possível, e faça uma lista de todas as coisas que você pode fazer para ganhar experiência e se tornar um candidato mais atraente. Desta forma, no momento da entrevista, você poderá entrar na sala calmo, seguro de si e armado com o conhecimento necessário para impressionar qualquer um do outro lado da mesa.

Ilustração de negócios criada por mego-studio – www.freepik.com

Enviar Comentário:

Jotform Avatar
This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comentar:

Podo CommentSeja o primeiro a comentar.