Modelos para Planos de Negócios

3 Modelos

Planos, estratégias, guias — empresas confiam nisso para obter perspectiva sobre o que está prestes a acontecer. Marcos estabelecidos para um planejamento estratégico e cuidadoso de crescimento e expansão, visões de onde a empresa estará daqui a 10 anos, metas que possuem prazos a serem cumpridos — tudo isso exige um planejamento inteligente, prudente e calculado.

Quer você seja uma startup, PME ou quase uma Fortune 500, um plano de negócios sólido é crucial. E, claro, a elaboração de planos de negócios pode ser uma tarefa estressante. Mas e se você precisar de algo que requer informações de outras pessoas? Digamos, um formulário online ou um modelo em PDF onde as respostas de seus colegas e gerentes importam? Bem, confira aqui nossa coleção de modelos em PDF para o planejamento de negócios.

Estes são modelos projetados profissionalmente e personalizados especificamente para negócios e empresas que não sabem por onde começar. A parte mais difícil, que é a elaboração dos modelos, já foi feita. Estes servirão de base para qualquer padrão que sua empresa necessite. Você não precisa se preocupar em criar algo do zero, podendo concentrar-se apenas em seu conteúdo. Alguns desses modelos irão conter ou coletar resumos executivos, oportunidades, expectativas, execução, planos financeiros, previsões e tudo mais.

Modelos para planos de negócios o ajudam a ter uma visão clara do que está por vir. Estes o ajudam a organizar, planejar e riscar itens de sua lista de tarefas de forma mais eficiente.

Modelo de plano estratégico
Pré-visualização

Modelo de plano estratégico

Foque no futuro e continue expandido a sua empresa com o modelo de plano estratégico da Jotform. Preencha o formulário anexado com este modelo com a visão da sua empresa, e vá mais fundo com a análise SWOT e finalmente trace as suas metas e objetivos, ações e planos financeiros. Nosso modelo totalmente personalizável converte as respostas do formulário em documento PDF, o qual você poderá baixar, imprimir e compartilhar instantaneamente.Você não precisa de formação em design para construir um plano estratégico com layout profissional. Altere a fonte, atualize as cores e insira a logomarca da sua empresa em instantes — Com o editor da PDF arrasta e solta da Jotform, personalizar o documento é extremamente fácil! Estabeleça os objetivos, prioridades e desenhe sólidos planos de ação com este modelo. Ao ter os objetivos claros e os passos definidos para alcançá-los, você poderá acompanhar e desenvolver a sua empresa mais rapidamente.

Nacional Telecom
Pré-visualização

Nacional Telecom

Perfil de uso em Telecom

ficha de voo pdf
Pré-visualização

ficha de voo pdf

ficha de voo pdf

Quais são as sete partes de um plano de negócios?

  1. Resumo executivo. Este é um resumo do seu plano de negócios. O resumo executivo deve incluir as ofertas da sua empresa, bem como sua missão, metas e projeções. Considere-o como aquela apresentação de elevador do seu plano de negócios. Caso não consiga despertar o interesse dos investidores nesse momento, suas chances destes continuarem a ler são poucas.
  2. História e descrição da empresa. Descreve a estrutura legal do seu negócio, além do que você faz. Se seu negócio está apenas começando, você pode substituir a história da empresa pela experiência da sua equipe de liderança. O objetivo dessa seção é explicar sua estrutura organizacional e construir a confiança nas pessoas administrando a empresa.
  3. Produtos e serviços. Discorra sobre a oferta da sua empresa, quer esta envolva produtos, serviços ou uma combinação dos dois. Descreva seus produtos e serviços em detalhes. Explique o que torna sua oferta única, quais são suas margens de lucro, qual o tipo de demanda esperado, entre outras coisas.
  4. Pesquisa de mercado e concorrência. Investidores desejam saber se existe uma demanda para sua oferta. Descreva o mercado-alvo e como seu produto ou serviço beneficiará potenciais clientes. Inclua projeções acerca da jornada do setor nos próximos meses. Adicionalmente, forneça detalhes sobre sua concorrência e o quão saturado está o mercado.
  5. Estratégia de marketing e vendas. Esta parte do plano de negócio explica como você promoverá seu produto. Descreva elementos como o perfil ideal do seu cliente, bem como seus canais de marketing, orçamento e métodos.
  6. Operações e logísticas. Explique como você irá adquirir materiais caso venda produtos, bem como as tecnologias necessárias para entregar tais produtos e serviços. Além disso, forneça informações sobre sua equipe, como quantas pessoas você precisará e como irá gerenciar seus funcionários.
  7. Plano e projeções financeiras. É fundamental provar que seu negócio será financeiramente viável. Para isso, você precisará de projeções de rendimentos e gastos. Muitos investidores querem ver amostras de extratos bancários, balancetes e projeções de fluxo de caixa.


Como é possível escrever um plano de negócios?

Seu plano de negócios deve representar um mapa realista para a construção de uma empresa bem-sucedida. Ao escrevê-lo, utilize uma abordagem equilibrada para que possa observar os potenciais riscos e armadilhas. Você deverá esboçar cada uma das sete seções anteriormente descritas.

Abordar estas seções pode ser algo intimidador, por isso, algumas pessoas preferem começar com um plano de negócios com apenas uma página, incluindo curtos parágrafos para cada elemento. Outra maneira de ganhar algum tipo de vantagem é usando um modelo para planos de negócios. Uma vez encontrado um bom ponto de partida, você pode expandir cada seção para planejar melhor seu negócio.


Posso escrever um plano de negócios por conta própria?

Sim, você pode. Entretanto, dependendo da sua experiência de escrita e objetivos, você pode querer alguma ajuda externa. Se o plano de negócios for apenas para uso interno com o propósito de aprimorar as funções da empresa, você provavelmente ficará bem lidando com ele sozinho. Mas caso esteja tentando conquistar fundos de um banco ou investidores, um escritor de planos de negócios profissional pode se provar vantajoso.

Mesmo que você decida fazê-lo por conta própria, peça que um amigo de confiança ou mentor de negócios revise seu plano e forneça algum feedback para a ajudá-lo a refinar seu trabalho.


Quais são os quatros tipos de planos de negócios?

  1. Mini plano de negócios. A opção de uma só página é uma ótima maneira de melhorar o foco do seu plano de negócios e destacar os elementos essenciais. Esta pode ser uma forma eficiente de trabalhar no plano da sua empresa ou fornecer um breve resumo do seu negócio para outras pessoas.
  2. Plano de negócios tradicional. O plano de negócios tradicional vai além de sua alternativa de uma só página, sendo mais detalhado em cada uma de suas seções (estes planos frequentemente ultrapassam as 40 páginas). Por exemplo, ele pode conter informações financeiras detalhadas, amostras de branding e documentos de pesquisa competitiva.
  3. Business model canvas (BMC). O BMC, ou quadro de modelo de negócios, é uma representação mais visual da arquitetura do seu negócio. Este inclui seções para infraestrutura, ofertas, clientes, fianças, entre outras. Muitos negócios gostam de usar o BMC porque este pode ser resumido em uma única página.
  4. Plano de negócios estratégico. O plano estratégico pode ter propósitos diferentes, como provar viabilidade, discutir operações de planejamento ou projetar o crescimento. Este deve definir as metas do negócio, sua estratégia para atingi-las, bem como a estrutura da empresa. A principal diferença entre este e o plano tradicional de negócios é seu foco em iniciativas estratégicas específicas.


Quais são os erros mais comuns no planejamento de negócios?

  • Escrita ruim. Um plano mal escrito pode dar a entender que você não leva seu negócio a sério ou é pouco profissional.
  • Expectativas irrealistas. Embora você deva ser otimista sobre seu negócio, se suas projeções financeiras refletirem suas expectativas e não a realidade, as pessoas podem hesitar em apoiá-lo.
  • Falta de uma documentação de apoio. As pessoas lendo seu plano de negócios querem ver como você pode suportar suas afirmações. Você pode incluir documentos de pesquisas, relatórios financeiros e estimativas para argumentar seu caso.
  • Não definir um público-alvo. Para criar um planejamento de marketing bem-sucedido, é preciso definir um público-alvo. Investidores e instituições financeiras precisam saber exatamente quem comprará o seu produto.
  • Falta de equilíbrio. É importante expor os riscos e potenciais benefícios. Esta análise mostra aos investidores que você está considerando todos os aspectos do seu negócio.

Categorias Similares